Este site utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação e não guarda dados identificativos dos utilizadores. Poderá desativar esta função na configuração do seu browser. Para saber mais, consulte a Política de Privacidade.

Beiras
Sabores da Serra

roteiro

Sabores da Serra

Rota Gastronómica nos municipios de Fornos de Algodres, Gouveia, Celorico da Beira, ,Trancoso e Pinhel com a duração de 3 dias

1º Dia - Manhã

Explore o centro histórico de Fornos de Algodres

Percorrer o centro histórico é a melhor forma de conhecer as memórias regionais de outras épocas. Conheça os diversos solares, dos quais se destacam, o Solar dos Abreu Castelo Branco, o Solar dos Albuquerques de  Vasconcelos, e o Solar dos Cortes Reais. E não deixe de fora as casas brasonadas e pela Igreja da Misericórdia. 

 

Oficina de pão de urtigas
Aprenda a confecionar a iguaria localmente famosa: o tradicional pão de urtigas. Nada tema, ele não pica. No final, prove-o, e se o resultado for bom, leve o que sobra para partilhar. 

Almoço

Perca-se por Folgosinho

Segundo a tradição, foi em Folgosinho, aldeia mais alta do concelho, que nasceu Viriato, o grande guerreiro lusitano. A imponência da aldeia é sentida no seu ponto mais alto. É lá que, cercado de uma imponente vizinhança rochosa, repousam o castelo de Folgosinho e uma deslumbrante paisagem sobre o vale médio do Mondego.

 

Visite uma quinta de Produção de Vinho com degustação
Descubra todas as características deste vinho regional visitando uma das várias quintas produtoras. No final da visita, delicie o seu paladar com uma prova das várias castas existentes. 

 

Visite a Adega Cooperativa de Vila Nova de Tazem
Torne-se conhecedor de todo o processo produtivo desta Adega. Sinta o paladar das castas no local, e leve algumas para provar em casa.
40.499882, -7.714313

 

2º Dia - Manhã

Explore a Aldeia Histórica de Linhares da Beira e o seu castelo

Conheça esta Aldeia Histórica medieval do século XII, moldada por uma diversidade arquitetónica e artística ímpar, resultado de um legado de várias épocas. Caminhar pelas ruas desta aldeia museu é fazer uma incursão ao passado, à sua história, e sentir a brisa do Vale do rio Mondego a acariciar-nos o rosto. O Castelo, classificado como Monumento Nacional, possui duas torres: a de menagem situa-se entre os dois recintos muralhados; a do relógio possui um relógio de pêndulos (réplica do séc. XVII) que pauta o tempo da região através do sino.

 

Almoço - Visita com degustação

Alinhe numa Visita com degustação ao Solar do Queijo Serra da Estrela

O Solar do Queijo da Serra da Estrela, construído no século XVIII, é um dos principais ocupantes do centro histórico da vila de Celorico da Beira. Inicialmente recebeu os antigos Paços do Concelho e o quartel dos bombeiros voluntários. Hoje, e desde o ano de 1998, foi transformado num espaço museológico onde se procura documentar uma das principais atividades económicas do concelho de Celorico: a produção do Queijo da Serra. Ao lado, vai encontrar um espaço comercial onde pode levar as iguarias para saborear em casa.

 

Passe pela Cooperativa Agrícola da Beira Serra
Nascidos a partir de uvas cuidadas em altitudes entre os 400 e os 700 metros, os vinhos da Cooperativa Agrícola Beira Serra têm em si a marca indelével das serras imponentes da região. Não perca a oportunidade de descobrir todas as castas que compõem a oferta desta cooperativa. 40.726881, -7.254866

Perca-se pelo Centro Histórico de Trancoso

A 800 metros de altitude, descubra Trancoso. Inserida na rede das Aldeias Históricas de Portugal, mas também num imponente conjunto de muralhas, que remontam ao séc. XIII. Tal como a sua visita, também esta terra é coroada com a presença do Castelo milenar, que preserva ainda a sua estrutura pré-românica. Também as casas senhoriais, vários templos e um núcleo habitacional judaico do século XIV são pontos de passagem obrigatórios durante a sua visita.

Visite a Aldeia de Juizo e jante por lá

Uma aldeia tipicamente beirã, vestida de granito amarelo e que, segundo reza a lenda, pertenceu a um Juiz. Desfrute do resto do dia nesta aldeia, fique para jantar, e encante-se com a hospitalidade das suas gentes. Vale a pena pedir que lhe contem as estórias desta antiga Vila Romana. 

3º Dia - Manhã

Inscreva-se numa Oficina de pão ou queijo (primavera/outono/inverno) na aldeia do Juizo e Visita ao Centro Histórico de Pinhel

Inscreva-se numa Oficina de pão ou queijo (primavera/outono/inverno) na aldeia do Juizo
Através de ensinamentos transmitidos pela comunidade local, aprenda e descubra como se cozinham os sabores tradicionais desta fabulosa aldeia através da participação numa oficina de pão ou queijo.

 

Explore o Centro Histórico de Pinhel
Parta à descoberta de Pinhel percorrendo as suas muralhas, tome o Largo Ministro Duarte Pacheco como ponto de partida. Deixe-se desde logo encantar pelos três solares, as duas igrejas e o pelourinho. É aí que encontra também o posto de turismo, caso necessite de alguma orientação. Atenção à parede lateral deste edifício construído para acolher os Paços do Concelho (e cadeia), aí encontrará uma pista para o cognome pelo qual Pinhel é também conhecida – “Cidade Falcão”.  
40.775995, -7.063427

 

Almoço

Opte por uma Visita com prova a uma Quinta de produção Vinícola

Descubra todas as características deste vinho regional através da visita a uma das quintas produtoras. E no final, brinde o seu paladar numa prova das várias castas existentes. De tarde, caminhe por esta terra. Sinta o pulsar da vida quotidiana e grave na memória a diversidade paisagística e o paladar único das várias castas que povoam o concelho de Pinhel. 

 

Serra

Companion

A companhia perfeita para o ajudar a descobrir a serra da estrela. Disponível brevemente.

Iphone X

Geolocation

Cruzando as suas preferências e a sua localização, o companion irá fazer as melhores sugestões ao longo da sua viagem.